Sobre

Virada da Inovação 2015 - dias 14 e 15 de novembro

Foto: Arcadius/Flickr

Seguindo o modelo de Virada já consagrado em outras cidades do País, a Virada da Inovação foi criada para incentivar a inovação no Brasil.

Realizada pela Coolradoria, a primeira edição do evento acontece em Florianópolis, nos dias 14 e 15 de novembro de 2015 com foco em iniciativas inovadoras realizadas na capital catarinense - e região metropolitana – nas seguintes áreas: Bem-estar e Saúde, Cultura e Educação, Cidades Inteligentes, Empreendedorismo e Tecnologia, contando também com a participação de experiências de outras regiões do país. 

Como vai ser?

Estão programadas diversas atividades simultâneas, gratuitas e abertas ao público sobre todos esses assuntos citados acima, levando debates a diferentes espaços de Floripa.

A intenção da Virada é aproximar o cidadão de todas as idades e classes sociais do tema inovação. Para isso, vamos reunir e compartilhar experiências nas mais diversas áreas para que todos passem a ter a inovação como referência nas suas práticas diárias, contribuindo como agentes de mudanças nas suas comunidades, cidades, estados e país. Além disso, também visa ampliar o entendimento sobre o conceito de inovação para além da tecnologia, promovendo a convivência no espaço público e convidando a população a se apropriar destes locais a partir das experiências estimuladas pelo evento.

Outra característica desse modelo de Virada é a mobilização, pois envolve a articulação e participação direta de organizações da sociedade civil, órgãos públicos, coletivos e movimentos sociais, empresas, escolas e universidades, entre outros, para realizar o maior número de atividades possível!

Legado

A Virada da Inovação deixará para a cidade, além do conhecimento e do compartilhamento, a visibilidade e o esforço de conexão entre grupos, coletivos, organizações que já estão fazendo a diferença em Florianópolis.

Sua realização irá informar, empoderar e aproximar os cidadãos. Vai mostrar para a cidade que tem muita coisa dando certo e reforçar as conexões e o conhecimento entre os grupos que estão fazendo isso. Criará pontes, fortalecerá conexões e irá gerar novos projetos.